Quadrilhas Juninas - A Central da Quadrilha Junina

FIGURINO

FIGURINO
Monte aqui o Projeto do Figurino da sua quadrilha junina com Ivandro Romão Estilistas da Moleka 100 Vergonha/PB (Clic na Imagem ao Lado e Saiba mais)

COREOGRAFIA

COREOGRAFIA
Quer inovar nas coreografias da Sua Junina, contrate uma equipe campeã com trabalhos em quase todo Brasil e títulos a nível Nacional

REPERTÓRIO

REPERTÓRIO
Pra gravar música de quadrilha não se chama qualquer Studio, grave a música ou o repertorio inteiro da Sua Quadrilha com a gente!

GIL SOUSA NÃO É MAIS MARCADOR DA MOLEKA 100 VERGONHA

| quinta-feira, 31 de julho de 2014


Depois de 5 anos a frente como Marcador da Moleka 100 Vergonha, Gil Sousa anunciou oficialmente que não mais puxará a animação da Quadrilha em 2015, o mesmo afirma que tem outros objetivos para o futuro, mas não descarta em um futuro voltar a Puxar a Moleka. "Tenho objetivos profissionais para o Futuro, e não posso fimar compromisso com a Moleka e depois não cumprir com minha palavra, estou focado no meu trabalho profissional, isso não é um adeus, e um té Breve, a Moleka sempre está no meu Coração" Disse Gil.

Gil foi o Marcador mais vitorioso da História da Moleka 100 Vergonha, do São João de Campina Grande e da Paraíba, tendo acumulado, 4 vezes Melhor Marcador do Maior São João do Mundo,  Duas Veses 2º Melhor do Brasil, tendo acumulado conquistas junto sua Junina, 4 Campinense, 4 Paraibanos, 1 Globo Nordeste, 1 Iguatu Festeiro, 2 Interestadual de Atalaia.

A Diretoria da Moleka 100 Vergonha ainda não anunciou quem será o Novo Marcador da Junina!  
Mais informações »

SÃO JOÃO DE MARACANAÚ INICIA COM FESTIVAL CEARÁ JUNINO DE QUADRILHAS

| domingo, 13 de julho de 2014

São João de Maracanaú inicia com festivais de quadrilhas juninas e muitas apresentações culturaisO Governo Municipal de Maracanaú, por meio da Secretaria de Juventude, Cultura e Turismo - Sejucult, realizou na noite de ontem, 10 de julho, a abertura do tradicional São João de Maracanaú, proporcionando diversão e cultura para os visitantes.  O tema deste ano é ‘São João de Maracanaú, uma década de tradição’, em homenagem aos dez anos do evento. A Cidade Cenográfica, enfeitada com fitas, bandeirinhas, retalhos e balões coloridos, recebeu o nome de Vila São José, em homenagem ao padroeiro do Município. Idosos, adultos, jovens e crianças visitaram as atrações do local, como a Casa de Engenho, Igrejinha Santo Antônio do Pitaguary, barracas com produtos artesanais e a Fazendinha Camurça. As barracas divertidas também atraíram os visitantes, como o Xilindró, a Bodega, a Associação dos Cornos, o Correio do Amor e o Cabaré. As estatuas de São José, Santo Antônio e São Pedro, expostas na Vila, também chamaram atenção do público. No palco da Cidade Cenográfica, a animação foi garantida com as apresentações da Banda Municipal de Maracanaú, do Forró Pé de Serra Malino, do show de humor da Mulher Bat Gut e intervenções teatrais de artistas maracanauenses.  

No Quadrilhódromo, outra atração do São João de Maracanaú, a abertura do Concurso Cearense Infantil de Quadrilhas Juninas, que segue até o dia 15 de julho, divertiu o público. Na noite de ontem, seis grupos juninos participaram do concurso e encantaram os visitantes que, animados, vibraram e aplaudiram as apresentações. O prefeito Firmo Camurça e autoridades locais, estaduais e nacionais prestigiaram o evento. (Mariana Freitas)

Shows - As atrações musicais iniciam hoje, 11 de julho, com os shows da banda Garota Safada e da dupla Luís Marcelo e Gabriel. No sábado, 12 de julho, terão os shows das bandas Solteirões do Forró e Lagosta Bronzeada. As apresentações serão realizadas em dois grandes palcos e começam a partir das 22 horas.

O São João de Maracanaú segue até o dia 20 de julho. A Vila São José está aberta para o público a partir das 19 horas, proporcionando apresentações culturais e muita diversão. Os festivais de quadrilhas juninas, realizados no Quadrilhódromo, iniciam às 19 horas. De 10 a 15 de julho, vão se apresentar os grupos que estão concorrendo ao Concurso Cearense de Quadrilhas Juninas, infantil e adulto. (Mariana Freitas)
Mais informações »

VEJA COMO FOI O FESTIVAL DE TRADIÇÕES JUNINAS DE COCAL/PI

|
O II Festival de Tradições Juninas e o Festival Regional de Quadrilhas organizado pela Prefeitura de Cocal de Telha através da Secretaria Municipal de Cultura foi sucesso de público e animação. Com uma estrutura preparada para dar conforto ao publico foi o grande diferencial do evento. 

No Festival de Tradições Juninas Cocatelhense ocorrerão somente as apresentações das Quadrilhas Arte Junina da Escola Municipal Costa e Silva e a Quadrilha Mexe-Mexe da Escola Municipal São Manoel do Povoado Sambaibinha e a Quadrilha Mistura Gostosa Cocatelhense. Já no Festival Regional de Quadrilhas estiveram desfilando alegria, carisma e coreografias as quadrilhas Caruaru e Coqueiro Verde da cidade de Campo Maior, Fricote de Coivaras, Massacará de Castelo do Piauí e Asa Branca de Teresina.

A grande vencedora do Festival Regional de Quadrilhas foi a Asa Branca de Teresina, Caruaru de Campo Maior em 2º lugar e em terceiro Coqueiro Verde. Todas receberam troféus e premiação em dinheiro.

Vejam fotos do maior evento de quadrilhas da região norte do estado.












































































Comente:
Mais informações »

CAIPIRAS DO BOROCOXO CONSAGRA-SE CAMPEÃ DO TOCANTINS E ESTÁ NA FINAL DO NACIONAL

|

Foto: Yago Modesto
Um espetáculo da cultura local tomou conta do Espaço Cultural, em Palmas, no último final de semana. Na noite do último domingo (06), o Tocantins conheceu a Campeã Estadual de Quadrilhas Juninas. A palmense Caipiras do Borocoxó foi a vencedora, e irá representar o Estado no Concurso Nacional, em Maracanaú (CE).  O 6º Concurso Tocantinense de Quadrilhas Juninas foi realizado pela Sejuv – Secretária Estadual da Juventude, em parceria com a Fequajuto - Federação de Quadrilhas Juninas do Tocantins e CONJUPA - Comunidade Junina de Palmas.
Durante as noites de sábado (05) e Domingo (06), 13 quadrilhas juninas apresentaram um show de beleza, música, dança e animação. Os grupos foram avaliados por 12 jurados, nos quesitos coreografia, harmonia, animação, figurino, animador, repertório musical e conjunto.
Vencedora pela quinta vez, a quadrilha junina Caipiras do Brocoxó apresentou o tema “Tire seu preconceito do caminho, que minha cor quer dançar”, trazendo através de um espetáculo, um pouco da luta dos negros no Brasil, deixando uma mensagem contra o racismo e o preconceito.  Feliz com a vitória, o coreógrafo do grupo, Gilberto Costa, afirmou que agora eles irão trabalhar para conquistar título nacional pela segunda vez. “A gente trabalhou duro pra conseguir esse título, e graças a Deus ele veio. O (setor) Aureni II e a Paróquia São Francisco de Assis estão bem representadas” comemora Gilberto.
Para o Secretário Estadual da Juventude, Rolf Vidal, a Secretária está empenhada em apoiar a realização de eventos culturais que envolvam a juventude.  “Onde a juventude tocantinense estiver mobilizada, fazendo coisas que só trazem benefícios para suas vidas, a Sejuv estará presente”, comenta Rolf.
O segundo e terceiro lugar ficaram com as quadrilhas juninas palmenses Cafundó do Brejo e Pizada da Butina, respectivamente. O Concurso premiou ainda o melhor animador, que ficou com a Estrela do Sertão e Girassol do Cerrado. A campeã Caipiras do Borocoxó levou ainda o prêmio de Melhor Casal de Noivos. (Ascom Sejuv)

Mais informações »

JUNINA FOGUEIRINHA E CAMPEÃ DO CONCURSO INTERESTADUAL DE SURUBIM/PE

| terça-feira, 8 de julho de 2014
A Quadrilha Junina Fogueirinha de João Pessoa na Paraíba, foi a grande Campeã do Concurso Interestadual de Quadrilhas da Cidade de Surubim/PE, falando de uma Noite de Eclipse Lunar.

Veja a Classificação Completa do festival



1- FOGUEIRINHA/PB............................ 680,8
2- TRADIÇÃO/PE.................................... 670,9
3- RAIO DE SOL/PE................................ 660,7
4- MENEZES NA ROÇA/PE.................... 660,5
5- ZABUMBA/PE..................................... 660,3
6- EXPLOSÃO NORDESTINA/PB......... 650,9
7- MOLECODRILHA/PE......................... 650,5
8- ORIGEM NORDESTINA/PE............... 630,9
9- FLOR DO MANDACARU/PB............. 630,8
10- MISTURA GOSTOSA/PB................. 630,7
11- TERROR DO ALTO/PE..................... 620,9
12- PISA NO ESPINHO/PE..................... 620,3
13- SANFONA BRANCA/PB................. 610,7
14- MIRIM EVOLUÇÃO/PE ...................610,2
15- RAPA COCO/PE............................... 540,2
16- AQUARELA NORDESTINA/PE....... 530,8





Mais informações »

SÁBADO 05/07 GLOBO NORDESTE IRÁ EXIBIR COPACTO DO REGIONAL DE QUADRILHAS 2014

| quarta-feira, 2 de julho de 2014
Proximo Sábado dia 05/06 a partir das 10:05hrs da manhã, Logo apos o Treino Oficial da F1, a Globo Nordeste irá exibir para os nove estados da Região o Copacto do Festival Regional de Quadrilhas Juninas 2014, que contou com a Presença dos Nove estados da região. O Copacto deverá ter uma duração de 50 minutos, poderá ser acompanhado de qualquer uma das nove filiadas a TV Globo no Nordeste.

Participaram do Evento:
AL - Luar do Sertão
BA - Capelinha do Forró
PB - Moleka 100 Vergonha
RN - Balão Dourado
SE - Unidos em Asa Branca
PE - Dona Matuta
PI - Luar do São João
PE - Zé Matuto
MA - Matutos do Rei
CE - Cheiro da Terra


Mais informações »

BRINCANTES DA QUADRILHA ARRAIAL DO KORONÉ CAUSA PÂNICO EM BALSAS

|
BRINCATES DA QUADRILHA JUNINA ARRAIA DO KORONÉ DE BALSAS INSATISFEITOS COM RESULTADOS NA TV MIRANTE E ESTADUAL DA FEDERAÇÃO CAUSA PANICO E JURAM DE MORTE O PRESIDENTE DA SÃO JOÃO DO CERRADO


A Dois Dias brincantes da Quadrilha Arraial do Koroné da Cidade de Balas/MA não satisfeitos com as derrotas da Sua Junina nos Dois Concurso Estaduais para maior Rival São João do Cerrado, ao não preferindo trabalhar melhor para o ano seguinte resolveram partir para agreções verbais, e violência sem Motivo algum. Veja Abaixo o Boletim de Ocorrencia Registrado pelo Vereador da Cidade Arnaldo Gomes

OPINIÃO DO SITE

Estes integrantes da Quadrilha Arraial do Koroné deveriam ser BANIDOS do movimento Junino, pois mancham o nome da Quadrilha e passam uma mensagem de São João que não condiz com a Realidade. São João é Festa, Alegria, e não uma Guerra, acreditamos até que se a Quadrilha como um tondo coperar para a Situação hostil na cidade de Balsas, esta deveria ser Banida e PUNIDA PELA FEDERAÇÃO 

VERGONHA
FORÇA A SÃO JOÃO DO CERRADO!
Mais informações »

LUAR DO SERTÃO E A CAMPEÃ DO REGIONAL DE QUADRILHAS DA GLOBO NORDESTE

| segunda-feira, 23 de junho de 2014

NOSSA OPINIÃO SOBRE O NORDESTÃO DE QUADRILHAS JUNINAS (REGIONAL DA REDE GLOBO)

Espetáculo da Luar do Sertão que com fé foi a campeã , Emoção da Capelinha que levou a Bahia a “Elite” Pela Primeira vez, A Alegria da Moleka 100 Vergonha que mesmo com falhas contínuo brilhando, O Som do Balão Dourado e a Belas História de Nordestinopoles, O Caracol inconfundível da Unidos em Asa Branca, A Explosão de Alegria e Cores da Dona Matuta, O Belo Trabalho da Luar do São João, A Zé Matuto e seu espetáculo “Mítico”,  O Maranhão com Belo Trabalho, O Ceará? Um pouco diferente do que conhecemos!
Uma Estrutura geral muito boa e confortável no Sesc talvez tenha sido o Regional com melhor organização no Conjunto geral (Interno e Externo). E um Julgamento que a pesar de 2014 ter sido o mais alto nível de todos os anos, a Média de Nota foi baixa e a diferenças foram muito grandes, quase 10 pontos em média de uma pra outra, para se ter ideia a Campeã Luar do Sertão que foi a Campeã tirando a maior e menor nota de cada quesito ainda perdeu pouco mais de 40 pontos na somatória geral. Os Jurados foram bem exigentes esse ano!

Abaixo você confere a Opinião do Quadrilhas Juninas e Quadrilhas.com sobre o Regional da Globo Nordeste 2014.


Moleka 100 Vergonha (1º da Noite)
Foi muito bem, linda, como sempre, figurino impecável sem sombra de dúvidas, sem medo de errar, o mais belo do Regional, na parte de Cenografia a Quadrilha também fez bonito, acabamentos perfeitos, até uma cachoeira com Água de verdade teve. Coreografias, talvez as melhores da Noite também, e o Casamento PERFEITO. Os Problemas, talvez nos podemos estar errado sobre, porem, a Moleka aparentemente não foi bem ontem na parte de Animação, a quadrilha parecia Abatida, talvez ter dançado como a 1º da noite não tenha feito bem a Quadrilha, acreditamos que a tenção durante o dia, devido a ação Judicial (que não deu em nada) que tentou tirar a Moleka do evento, movida por uma rival da Paraíba, pode ter prejudicado a alegria do Grupo tambem, por fim, o espaço não contribuiu, foi perceptível que a quadra estava apertada para Moleka o que pesou também no resultado. e o Problema Maior que acreditamos ter sido fundamental para o 3º lugar foi o problema no adereço da Entrada, o Carrinho que leva a quadrilha flutuando ao meio do Arraial, não Andou, acho que se a entrada da Moleka vinga como deveria ser, teria sido um Choque para Pernambuco, e provavelmente o momento mais forte de todo Regional. Como quadrilha se ganha no dia, é clima que faz a diferença, e o da Moleka ontem não foi o melhor. Parabéns pelo terceiro Lugar Merecido a pesar de ter recebido gritos de e Campeão da Arquibanca!

Luar do São João (2º da Noite)

Uma Quadrilha desconhecida para grande maioria do publico quadrilheiro, pequena na experiência, porém grande na alegria, a Junina do Piauí mostrou que não precisa de muito para animar a plateia, cheio de gritos, e coreografias bem ensaiadas, a Luar do São João fez um belo espetáculo, um entrada muito boa e um espetáculo com muito poucos erros.

Matutos do Rei (3º da Noite)
A Quadrilha de Açailandia no Sul do Maranhão, viajou 31 horas para chegar a Recife, foi muito desgastante, porém a quadrilha trouxe um belo espetáculo Azul e Branco, Coreografias muito bem ensaiadas, um dos melhores alinhamentos do Evento, o que faltou na Quadrilha foi alegria, animação, e uma temática mais bem elaborada. Foram muito bem em alguns quesitos porem muito mau em outros, acredito que isso influenciou bastante no resultado que deu o 9º Lugar para Matutos.


Luar do Sertão (4º da Noite)
Como já havia falado no comentário da Moleka 100 Vergonha, quadrilha e Clima, Momento, Se ganha na Hora, e o Clima que a Moleka não teve, a tenção que ficou na Moleka, não existiu na Luar do Sertão, que levou até torcida organizada pra arena em Goiana, muitos adereços, muitos mesmo, era um momento atrás do outro, três troca de Roupas, um figurino bastante tradicional, porém muito criativo ficou dentro do tema,  não vou dizer que era bonito, porém merecia 10 sim por está devidamente em linha com a proposta da Quadrilha, a Luar do Sertão não foi Perfeita, mas dentre as 10 concorrentes foi a com menos erros,  e com mais vontade de ganhar, Animação nota. 10? Não daria 1000 pra animação da Luar foi um Show, falhas, talvez ficou um pouco vago a  Entrada da Quadrilha, ela de repente estava dançando quando o publica não sabia se era já a quadrilha ou teatro ainda acontecendo, a segunda falha e acho que a Maior foi a Coreografia que de certo ponto faltou em meio a tanto teatro e momentos no meio do Espetáculo, à vamos falar do Espetáculo afinal eles foram campões e por sinal muito merecido, Simplesmente dois Momentos chave, colocaram abaixo as pequenas falhas que a Luar do Sertão teve no espetáculo, o momento de Nossa Senhora foi chocante, e a Saída, simplesmente foi de Arrepiar, não tem como, quando se fala de Fé, o mínimo que se faça já arrepia, e a Luar conseguiu trazer o publico pra seu lado. Foi Lindo, foi a Melhor da Noite. Merecido! Parabéns a Luar

Cheiro da Terra (5º da Noite)
Definitivamente não sabe-se o que aconteceu no Ceará, não é desmerecendo o trabalho da Cheiro da Terra, que acredito que como as outras juninas do Estado trabalhou muito pra chegar La, porém, quando se fala em Ceará, se espera Luxo, Glamour, Brilho, Espetáculo, e foi tudo que não teve ontem na Cheiro do Terra, alguém mais fanático vai falar, “Mas a Zé Testinha não tinha nada e ganhou em 2008”, porém a Zé Testinha tem um diferencial que quase nenhuma junina no Brasil tinha na Época, eles simplesmente derrubaram a Arena no Canto, e no Grito. A Cheiro do Terra veio com figurino e temática pouco empolgante e coreografias não tão sincronizadas, o alinhamento também não foi dos melhores. Um Belo espetáculo nível bom da quadrilha, porém estava um pouco abaixo de todas as outras concorrentes do Regional, o que acarretou em 15 pontos de diferença da representante do Ceará que ficou em Ultimo em relação a penúltima colocada. Alguém vai perguntar. “E as famosas juninas do estado onde estava?”, elas  simplesmente não foram, a grande maioria das Quadrilhas do Ceará que você conhece não disputaram a Globo esse ano devido o evento não ter aval da Federação. Ceará Junino, Paixão Nordestina, Zé Testinha, Filhos do Sertão, Luar do Meu Sertão, Asa Branca, e muitas outras, nenhuma delas disputaram a Globo que só teve 10 quadrilhas Inscritas em 2014.

Capelinha do Forró (6º da Noite)

Um Belo Espetáculo, com direito a um violão Gigante, que trazia grandes surpresas no meio da apresentação, a pesar de não ser uma quadrilha que chegou como favorita, ela virou uma das favoritas assim que terminou de Dançar,  comentei em nosso Blog, “Moleka e alegria, Luar e Emoção, e Capelinha foi diferente” uma das três seria a Campeã, dependendo do seguimento que o jure levasse em sua analise, a Capelinha foi muito bem, momentos lindos, eles fizeram o melhor momento da Noite, a Noiva vindo da lua, e saindo de dentro dela, para casar-se, foi muito bonito, foi emocionante, a Junina apresentou um belo enredo, e coreografias muito bem marcadas, bem parecida com as Juninas de Pernambuco,  a quadrilha veio muito boa, talvez não chegou a ganhar por alguns probleminhas, assim como todas tiveram. Por ter coreografias bem marcadas, evolução coreográfica muito blocada, ficou claro que alguns componentes não vieram, deixando buracos no meio da Quadrilha, talvez rezar no meio da apresentação não tenha contribuído  para o espetáculo, o ultimo problema, foi, concentraram momentos lentos em excesso na mesma hora a quadrilha ficou quase 10 minutos encenando. Porém foi um trabalho Digno e Merecido do vice-Campeonato. Ganha quem erra mesmo, e a Capelinha errou pouco!


Unidos em Asa Branca (7º da Noite)

Simplesmente não temos muito que falar da Unidos, foram lindos, Foi belo, foi a quadrilha do “Caracol bem Diferente” como todo ano, eles foram Unidos em Asa Branca, nada novo, nada diferente do Que já conhecemos, só um grande diferencial que já estou achando ser produto para Estudo, O Marcador, simplesmente fantástico, Sergipe já virou escola, Parabéns a Unidos, merecido 5º Lugar!


A Zé Matuto foi Diferente, não querendo comparar mas já comparando, lembrou muito o estilo de produzir quadrilha da Raio de Sol, Coreografias muitas boas, alguns impactos evoluções o que já e a cara do Estado de Pernambuco, porém alguns pontos que acredito ter sido fundamental para classificação baixa da Junina, que ficou apenas em 8º lugar, a falta de uma banda Regional nos dias de Hoje influenciou com toda certeza na mal desempenho classificatório, bem como a temática que por mais que tenha sido nordestino, faltou São João na Zé Matuto. Porém para uma Quadrilha de apenas 1 ano, não tenho medo de Errar, São a Revelação de 2014 e com toda certeza será daqui pra frente um nome constante em grandes eventos.

Dona Matuta (9º da Noite)
Talvez o Jure tenha sido um pouco injusto com a Matuta,  continuo dizendo quadrilha e clima, e o clima da Matuta foi agradável eles, viraram o ginásio do Sesc Goiana de cabeça pra baixo, não foram a melhor da Noite porém deveria ter ficado entre as 5 primeiras, o figurino deu bastante efeito na dança, que por sinal foi de alto nível também, foi linda parabéns.


Balão Dourado(10º da Noite)
Assim como ser a Primeira acabou não ajudando a Moleka 100 Vergonha, dançar por ultimo também não fez bem ao Balão Dourado de Natal, a quadrilha que e conhecida pela explosão de animação nos Arraiais não foi bem ontem, porém isso não deixou de dar Brilho ao Excelente Trabalho de “Nordestinopoles”, que foi Lindo, cheio de Momentos, repertório Musical Perfeito, Entrada, Foi a Melhor depois da Entrada da Moleka que apesar de ter errado ainda achei a melhor, A Coreografia lembrava muito a já extinta Amor Caipira da Paraíba, muito desenho coreográfico e Bastante efeito dominó em uma quantidade até exagerada e repetitiva, o que talvez tenha prejudicado a Quadrilha. Mas o destaque dessa quadrilha de Natal, foi sem sombra de dúvida o “Regional Delicia” foi lindo de ver,  uma banda muito boa, Harmoniosa e suave de escutar, um repertório todo pensando dentro do tema, um tema que não precisou de teatro para que todos entendessem, um Casamento Lindo, O Balão Ficou em Quarto, acho que não foram 100% poderia ter sido melhor, a apresentação passou um pouco longe da Apresentação da TV Cabugi, foi bom foi merecido, 4
º Lugar pro Balão!

CLASSIFICAÇÃO FINAL

1
º LUAR DO SERTÃO/AL
2º CAPELINHA DO FORRÓ/BA
3º MOLEKA 100 VERGONHA/PB
4º BALÃO DOURADO/RN
5º UNIDOS EM ASA BRANCA/AL
6º Dona Matuta/PE
7º Luar do São João/PI
8º Zé Matuto/PE
9º Matutos do Rei/MA
10º Cheiro da Terra/CE
Mais informações »

LUAR DO SERTÃO E A CAMPEÃ DE ALAGOAS PELA TV GAZETA

| quinta-feira, 19 de junho de 2014
1 comentário
Comemoração Luar do Sertão (Foto: Jonathan Lins/G1)Integrantes da Luar do Sertão comemoram título estadual (Foto: Jonathan Lins/G1)
Depois de mais uma exibição empolgante na noite desta quarta-feira (18), que contagiou o público na arquibancada da praça Multieventos durante a final do Concurso de Quadrilhas Juninas Forró e Folia 2014, a Luar do Sertão foi a grande campeã e será a representante de Alagoas no circuitoregional de quadrilhas da Globo Nordeste, que acontece no próximo domingo (22), na cidade de Goiana, em Pernambuco.
Consagrada com a maior pontuação da noite, 150 pontos, a quadrilha superou a Amanhecer no Sertão, em segundo lugar com 149,7 pontos eRosa dos Ventos, terceira colocada com 149,6. As outras duas finalistas não tiveram as notas divulgadas. Segundo os organizadores do Forró e Folia, mais de 10 mil pessoas acompanharam as apresentações das cinco quadrilhas juninas finalistas.
Noivos da Luar do Sertão encenam casamento no arraial do Forró e Folia  (Foto: Jonathan Lins/G1)Noivos da Luar do Sertão encenam casamento no arraial do Forró e Folia (Foto: Jonathan Lins/G1)
Explosão Nordestina
grande final do Concurso de Quadrilhas Juninas começou com a apresentação da Explosão Nordestina, da Barra de São Miguel, que levou para o tablado o tema 'É do chão rachado que brotam os sete pecados', onde foi contada a história de uma menina que fez uma promessa para que acabasse a seca no Sertão. Se a prece fosse atendida, ela jamais cometeria qualquer um dossete pecados capitais.
Explosão Nordestina voltou a empolgar o público na noite da grande final do concurso de quadrilhas (Foto: Jonathan Lins/G1)Explosão Nordestina voltou a empolgar o público na noite da grande final do concurso de quadrilhas (Foto: Jonathan Lins/G1)
Na ocasião, o grupo levou para o tablado um cenário com chão rachado inspirado no Sertão e muita animação e colorido para contar a história dos pecados capitais e homenagear dois dos principais personagens da cultura popular nordestina, Lampião e Maria Bonita.

Amor Junino
A segunda quadrilha da noite foi a Amor Junino, do bairro do Vergel do Lago, que trouxe o tema 'Ser tão Nordestino', contando a história da vida do sertanejo ao relatar na evolução da quadrilha o dia a dia do homem do sertão que vive à espera da chuva; e a felicidade após a chegada dela.
Amor Junino apresentou o tema Ser Tão Nordestino (Foto: Jonathan Lins/G1)Amor Junino apresentou o tema Ser Tão Nordestino (Foto: Jonathan Lins/G1)
O grupo apostou na teatralização e fez uso de cenários e adereços diversos; como também da troca de figurinos para atrair a atenção do público. Durante a apresentação, animação e irreverência fizeram parte da evolução dos dançarinos.

Rosa dos Ventos
Na sequência, foi a vez da quadrilha Rosa dos Ventos Alagoana, do Conjunto Eustáquio Gomes, se apresentar na noite da grande final. Com o tema 'Do jeito que o povo gosta', o grupo mostrou mais uma vez a festa em uma praça de uma cidade do interior após a volta de um espantalho que foi expulso da cidade.
Dançarinos da Rosa dos Ventos caracterizados com o tema da quadrilha (Foto: Jonathan Lins/G1)Dançarinos da Rosa dos Ventos caracterizados com o tema da quadrilha (Foto: Jonathan Lins/G1)
Com marcações teatralizadas, a quadrilha junina que fez uso de uma cidade como cenário, apostou no colorido do figurino e na animação dos dançarinos para empolgar o público. Um dos destaques da quadrilha foi o marcador, que participou da evolução como o personagem principal da história: o espantalho.

Luar do Sertão
A quarta apresentação ficou por conta da quadrilha junina Luar do Sertão, do bairro do Prado, emMaceió. Com o tema 'A fé que nos une é a fé que nos move', o grupo promoveu troca de figurino durante a exibição e realizou uma procissão no tablado. Na sequência, o figurino simples do homem nordestino foi ganhando cores acompanhando a vibração dos dançarinos.
Luar do Sertão explora a fé do sertanejo durante apresentação  (Foto: Jonathan Lins/G1)Luar do Sertão explora a fé do sertanejo durante apresentação (Foto: Jonathan Lins/G1)
O grupo trouxe novidades nesta segunda apresentação. Como a composição de um enormemosaico com a imagem de Nossa Senhora Aparecida e outros adereços luminosos. A banda emocionou o público tocando músicas tradicionais da festa junina com o acompanhamento de um violino, outra novidade que se destacou na apresentação desta noite.
Ao final, a quadrilha trouxe um enorme carro de boi cenográfico, onde os noivos entraram acompanhados pelos demais dançarinos.

Amanhecer do Sertão
Para fechar a noite da grande final, a Amanhecer do Sertão, do Benedito Bentes, levou ao tablado da praça Multieventos o tema 'Um Nordeste onde tudo acontece', onde foi exposto o resgate de elementos tradicionais da região, mitos e brincadeiras juninas.
Dançarinos da Amanhecer no Sertão mostram empolgação na final do Forró e Folia (Foto: Jonathan Lins/G1)Dançarinos da Amanhecer no Sertão mostram empolgação na final do Forró e Folia (Foto: Jonathan Lins/G1)
O grupo, que foi campeão em 2013 e buscava o bi-campeonato neste ano, apostou no colorido do figurino, na animação e na marcação teatralizada. Para isso, cenários e adereços ajudaram os integrantes a contar a história com muito forró e outros ritmos nordestinos. 

fonte: g1
Mais informações »
 

Copyright © 2010 Quadrilhas Juninas - A Central da Quadrilha Junina | Design by Dzignine